Factos estranhos do estranho Mundo em que vivemos

Sábado, 02 de Julho de 2011

 

"Um homem de 48 anos foi acusado de violar uma mulher inconsciente no passeio do KC, Kansas, nos Estados Unidos de América.

Segundo o jornal ‘Kansas city star', Melvin L. Jackson abusou de uma mulher na quarta-feira em plena luz do dia e depois defendeu-se dizendo que pensava que  esta estivesse morta.

A vítima disse à polícia que estava a caminhar no passeio quando se sentiu mal e se sentou  na sombra de uma árvore. Ficou inconsciente e apenas acordou quando uma testemunha gritou: "Ajudem, sai de cima dela!" 

A mulher não se lembrava de ter sido abusada, mas notou que não tinha cuecas. Seriam 11h30 da manhã, refere o jornal 'Kansas Star City'.

A vítima apresentou queixa na esquadra de polícia e o homem foi detido quando caminhava na rua com as calças desapertadas. Quando a policia lhe perguntou sobre o facto de ter as calças desapertadas, ele respondeu muito atrapalhado que que tinha tocado "na perna da mulher" e que pensou que esta estava morta.

A testemunha disse à polícia que viu Jackson a abusar da vítima que estava deitada no chão na posição fetal.

Quando a polícia tentou obter mais informações do abusador, este questionou: "Aquela senhora disse que lhe fiz alguma coisa?"  E a seguir disse: " Tenho o direito de não prestar declarações". 


publicado por Lígia Laginha às 09:53

Quarta-feira, 01 de Junho de 2011

 

Bom dia caros visitantes do "Olhos Esbugalhados".

 

Hoje este blog de bizarrias traz-vos a história de um alegado violador que ficou sem a "arma do crime". Antes de mais aqui fica o meu aplauso par a Sr.ª Monju Begum que se soube defender e teve a coragem de ir até à polícia com esta prova sui generis. De seguida o artigo retirado do "Correio da Manhã":

 

"Uma mulher cortou o pénis de um homem quando este a tentou violar, levando depois o órgão amputado à polícia para o utilizar como prova do ataque.

De acordo com o Jornal Daily Mail, Monju Begum, de 40 anos, atacou o vizinho quando entrou na sua casa e começou a tentar viola-lá. O chefe da polícia, Abul Khaer, afirmou que a mulher levou o pénis num saco plástico à esquadra de policia de Jhalakath como prova da tentativa de violação de que alegadamente foi alvo.

O alegado agressor, Mozammel Haq Mazi, encontra-se num hospital do Bangladesh, recusa a alegação de uma tentativa de violação sexual, afirmando que tinha uma relação com Monju. Uma equipa de cirurgiões tentaram  reimplantar o pénis, sem sucesso, dado que já tinham passado várias horas quando foi levado para o hospital."

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:41

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16
17

21
24

26
27
28
29
30


Últ. comentários
lol!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!mas tb :S:S:S:S:S...
Nao me importava se ele entrasse no meu quarto ass...
Recuperar ursos bêbados deve ser bem mais fácil do...
Que chinezisse
Ao preço que está a gasolina por cá este remédio f...
Também pensei exactamente o mesmo Beijocas
Para além de persistente, nota-se que é sul-corean...
arquivos