Factos estranhos do estranho Mundo em que vivemos

Sábado, 16 de Julho de 2011

 

"Um estudante universitário de 26 anos, que procurou um médico em São Paulo por sentir fortes sintomas de gripe, passou por uma situação que jamais imaginou poder acontecer-lhe. Alegando que, para confirmar a suspeita de gripe precisava analisar a virilha do rapaz, o médico enfiou-lhe a mão nas calças e começou a acariciar-lhe o pénis.

“Ele disse: vou ter que examinar a sua virilha. Enfiou a mão por dentro das calças e ficou a tocar-me no órgão genital, por dentro das minhas cuecas.”, contou o universitário ao inspector José António Caires, na esquadra onde prestou queixa. O rapaz também fez uma reclamação por escrito à direcção do Centro Clínico Intermédica, em Itaquera, onde, segundo ele, o episódio ocorreu.

De acordo com o jovem, ao descrever os sintomas e adiantar que pareciam de gripe, o médico mandou-o deitar na maca e começou a apalpar-lhe a barriga e as coxas, culminando com a introducção da mão sob a roupa e as carícias no pénis. Enquanto isso, o clínico ia dizendo ao assustado rapaz, sempre segundo a queixa deste, que o achava “um negro muito lindo, muito gato mesmo, muito gostoso”.

“Eu fiquei espantado, porque nunca me tinha acontecido algo semelhante, e comecei a tremer, sem saber como reagir", relatou o universitário, segundo o qual o médico lhe fez diversas perguntas pessoais, como se tinha filhos ou namorava. “Quando lhe disse que estava noivo e ia casar, ele respondeu que a minha noiva era uma mulher de sorte, pois eu sou um negro muito bonito.”

A clínica não quis dar detalhes sobre o caso, informando apenas que o médico em causa, que nega todas as acusações, trabalha ali há 15 anos e nunca houve queixas contra ele. Apesar disso, o clínico foi afastado até que tudo seja completamente esclarecido. O inspector vai ouvi-lo e provavelmente confrontá-lo com o universitário antes de decidir se vai incriminá-lo, e de que crime." in "Correio da Manhã"

 

publicado por Lígia Laginha às 09:50

Quarta-feira, 01 de Junho de 2011

 

Bom dia caros visitantes do "Olhos Esbugalhados".

 

Hoje este blog de bizarrias traz-vos a história de um alegado violador que ficou sem a "arma do crime". Antes de mais aqui fica o meu aplauso par a Sr.ª Monju Begum que se soube defender e teve a coragem de ir até à polícia com esta prova sui generis. De seguida o artigo retirado do "Correio da Manhã":

 

"Uma mulher cortou o pénis de um homem quando este a tentou violar, levando depois o órgão amputado à polícia para o utilizar como prova do ataque.

De acordo com o Jornal Daily Mail, Monju Begum, de 40 anos, atacou o vizinho quando entrou na sua casa e começou a tentar viola-lá. O chefe da polícia, Abul Khaer, afirmou que a mulher levou o pénis num saco plástico à esquadra de policia de Jhalakath como prova da tentativa de violação de que alegadamente foi alvo.

O alegado agressor, Mozammel Haq Mazi, encontra-se num hospital do Bangladesh, recusa a alegação de uma tentativa de violação sexual, afirmando que tinha uma relação com Monju. Uma equipa de cirurgiões tentaram  reimplantar o pénis, sem sucesso, dado que já tinham passado várias horas quando foi levado para o hospital."

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:41

Sexta-feira, 20 de Maio de 2011

 

Bom dia caros visitantes do "Olhos Esbugalhados".

 

Quem disse que só se podia tocar piano com as mãos?? Se calhar há quem toque com os pés... Até há quem o faça com os órgão genitais, vulgo pénis. Basta abrir a mente à novidade e escutar esta música vinda do "berimbau". De seguida o artigo retirado do "Correio da Manhã":

 

"Quando se pensava que a imaginação não podia ir mais além, eis que surge alguém que ainda consegue surpreender. Foi o que aconteceu no programa televisivo 'Grécia tem talento', transmitido pelo canal 1 da televisão grega há algumas semanas.

O júri e os espectadores puderam presenciar algo de absurdo e, ao mesmo tempo engraçado, quando dois talentosos músicos se apresentaram em palco para tocarem num piano com os seus órgãos genitais.
À chegada do momento do tão esperado espetáculo, os 'músicos' surpreenderam ao despirem-se da cintura para baixo e começaram a tocar um 'medley sexual', que colheu aplausos."

 

P.S. Podem ver aqui o video: http://www.youtube.com/watch?v=4uyPkAa0xYA.

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:40

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16
17

21
24

26
27
28
29
30


Últ. comentários
lol!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!mas tb :S:S:S:S:S...
Nao me importava se ele entrasse no meu quarto ass...
Recuperar ursos bêbados deve ser bem mais fácil do...
Que chinezisse
Ao preço que está a gasolina por cá este remédio f...
Também pensei exactamente o mesmo Beijocas
Para além de persistente, nota-se que é sul-corean...
arquivos