Factos estranhos do estranho Mundo em que vivemos

Quarta-feira, 22 de Junho de 2011

 

Bom dia caros visitantes do "Olhos Esbugalhados".

 

Quem vos disse que só se pode ter uma profissão na vida? Quem vos disse que não se podia mudar radicalmente de ramo profissional?

Bem quem vos disse isso estava enganado como demonstra o artigo que vos trago hoje. No entanto, lanço ainda outra questão: Não será a política a maior das pornografias??

O artigo retirado do "Correio da Manhã":

 

"Como tantas outras jovens da sua idade, Sammie Spades sonhava ser advogada. Em 2006 conheceu Hillary Clinton, então senadora, de quem foi estagiária, mas nem esse ‘contacto’ privilegiado a fez brilhar na barra dos tribunais. Até porque, Sammie escolheu um outro palco para sobreviver e pagar as contas: é hoje actriz de filmes pornográficos.

Já é a segunda estagiária do casal Clinton a entrar para a história (ou pelo menos para as notícias) graças às suas actividades sexuais...menos ortodoxas. Mas Sammie - que chegou a pensar candidatar-se a cargos públicos - viu-se com dificuldades financeiras e resolveu mudar de actividade. Radicalmente."

 

publicado por Lígia Laginha às 10:34

Quarta-feira, 11 de Maio de 2011

 

 

 

Bom dia caros visitantes do "Olhos Esbugalhados".

 

Hoje este blog de insólitos e bizarrias traz-vos uma história de machismo e extremismo religioso. Ao que parece um jornal ligado ao judaísmo extremista publicou uma foto da Sala de Situação enquanto Obama e outros assistiam à captura e morte de bin Laden. Até aqui tudo normal, no entanto, este jornal não contente com a foto fez desaparecer da mesma as duas mulheres presentes, uma delas Hillary Clinton. O argumento é que as mulheres são "sugestivos sexuais". Ora tenham dó... De seguida o artigo do "Correio da Manhã":

 

"O ‘Der Zeitung’, um jornal judeu ultra-ortodoxo de Brooklyn, publicou uma nova versão da famosa fotografia da Sala da Situação, onde se pode ver Barack Obama e o seu ‘staff’ a assistirem à operação que terminou com a morte de Osama bin Laden. O jornal modificou a imagem e apagou as duas mulheres presentes, incluindo Hillary Clinton. Ao que parece, este ramo do judaísmo considera que as imagens de mulheres são “sexualmente sugestivas”, logo não são publicadas. Mesmo assim, o jornal pediu desculpa pela modificação."


publicado por Lígia Laginha às 07:31

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16
17

21
24

26
27
28
29
30


Últ. comentários
lol!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!mas tb :S:S:S:S:S...
Nao me importava se ele entrasse no meu quarto ass...
Recuperar ursos bêbados deve ser bem mais fácil do...
Que chinezisse
Ao preço que está a gasolina por cá este remédio f...
Também pensei exactamente o mesmo Beijocas
Para além de persistente, nota-se que é sul-corean...
arquivos