Factos estranhos do estranho Mundo em que vivemos

Quarta-feira, 20 de Julho de 2011

 

"Não pode dizer-se que um cão que morda um homem seja grande notícia, pois já se sabe que notícia à séria seria se o homem ferrasse o dente no canídeo. Então e se um cão morder um tubarão?

Pois, em bom rigor, um cão que morda num tubarão não pode deixar de ser considerada uma boa notícia, pelo menos insólita. Num final de tarde ensolarado numa praia australiana, dois cachorros refrescavam-se nadando quando alguns tubarões se aproximaram da praia já que um suculento ‘leão marinho' aguardava que os ‘esquálidos' se afastassem para poder ir à sua ‘vidinha'.  

Contudo, os cães começaram a ficar sem paciência pois entre eles e a praia nadavam tranquilamente os tubarões e é nesse momento que um dos cachorros mergulha e ferra uma valente dentada na barbatana de um dos tubarões para espanto dos donos que filmavam a cena e dos próprios tubarões que deram à ‘barbatana' e saíram da zona. 

Feliz ficou o ‘leão marinho' que viu assim o caminho livre para regressar à água." in"Correio da Manhã"

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:23

Segunda-feira, 27 de Junho de 2011

 

Bom dia caros visitantes do "Olhos Esbugalhados".

 

Hoje este blog de bizarrias traz-vos um exemplo de determinação e força vindo, mais uma vez, de um animal. Porque os animais têm sentimentos e são neles semelhantes a nós humanos. Muitos esquecem-se disso e esses deveriam ver o vídeo que aqui vai ser colocado.

De seguida o artigo e o vídeo retirado do "Correio da Manhã":

 

"É o primeiro cão a receber quatro patas artificiais: ‘Naki’, que havia sido abandonado, consegue agora brincar, correr e até nadar graças às próteses que recebeu em Denver, nos Estados Unidos.

Este avanço da medicina animal, relatado pelo site ‘Incredible Features’, é da responsabilidade da assistente de veterinária Christie Pace que encontrou ‘Naki’ numa casa abandonada. Com a mãe morta, o pequeno animal tinha as patas congeladas do frio.

Depois de o acolher, Pace decidiu angariar dinheiro para testar duas próteses no animal. O fabricante acabou por lhe oferecer as outras duas e o ‘cão biónico’ está agora a adaptar-se ao novo andar.

“Acho que ajudámos ‘Naki’ a ter uma vida mais confortável e mais longa”, disse a veterinária Patsy Mich, que ajudou no processo.

Cada prótese tem um custo estimado entre os 700 e os 2100 euros."

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:18

Sexta-feira, 10 de Junho de 2011

 

Bom dia caros visitantes do "Olhos Esbugalhados".


É oficial: os americanos não páram de me surpreender, pela negativa claro. Tudo bem que a depressão é tramada e misturada com o álcool pode levar as pessoas a cometer suicídio mas nunca a jogar "roleta russa" com um cão não é? Ou pensava eu que não...

De seguida o artigo do "Correio da Manhã":

 

"Um norte-americano morreu na noite de terça-feira depois de, alegadamente, ter consumido bebidas alcoólicas ilegais e jogado à ‘roleta russa’ com o seu cão. O falecido, Russel Little, residente em South Bend, no estado do Indiana, sofria de uma depressão grave.

De acordo com as declarações da sua mulher à polícia, Little andava deprimido e cerca das 21h00 terá começado a disputar um jogo mortal com o seu cão no quintal de sua casa

Após alguns disparos em seco dirigidos ao cão, Little terá ficado farto e apontou a arma à sua própria cabeça, acabando por matar-se, afirma o Departamento da Polícia de South Bend.

Alguns amigos e familiares afirmam que esta história é falsa. Little estava deprimido e precisava de ajuda, mas nunca jogou à 'roleta russa' com o seu cão.

A polícia continua a investigar a morte de Russel Little"

 

 

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 06:59

Sábado, 04 de Junho de 2011

 

Bom dia caros visitantes do "Olhos Esbugalhados".

 

Pois é a bizarria de hoje volta a estar relacionada com o extremismo religioso e com a ignorância daqueles que levam a religião pelos caminhos turtuosos da superstição. Triste é que sejam sempre os mais fracos e aqueles que não se podem defender as vítimas destes fanáticos. Enfim, por sorte o pobre cão fugiu mas a a ideia de uma morte cruel pairou sobre ele. De seguida o artigo do "Correio da Manhã":

 

"Um tribunal de rabis de Jerusálem condenou um cão à pena de morte por lapidação, alegando que o animal estava possuído pelo espírito de um advogado que havia sido amaldiçoado vinte anos antes.

O caso, segundo conta o diário ‘Yediot Aharonot, ocorreu na passada quarta-feira quando o cão entrou no tribunal de uma das comunidades ultra ortodoxas do bairro Meã Shearim e se negou a abandoná-lo, apesar das repetidas tentativas dos guardas.

Perante a atitude do cão, um dos juízes recordou que há 20 anos, no mesmo local, os seus antecessores tinham amaldiçoado um advogado cuja alma, ao falecer, deveria ficar encerrada no cão, um animal que a lei religiosa judia considera impuro.

O juiz, cuja identidade não foi revelada, disse ter reconhecido no cão espírito do advogado, que, indignado pela sua maldição, regressou ao tribunal para ser libertado. Os rabis ordenaram, então, apedrejar o animal até a alma sair e ser confirmada a sua morte.

O presidente do tribunal, o rabi Levin, desmentiu que o caso tenha ocorrido, mas um dos guardas confirmou os factos e assegurou que “havia sido dada uma ordem verbal a um grupo de crianças para que o apedrejassem, não como castigo ao animal, mas para libertar a alma do advogado que o atormentava”.

A sorte acabou por bater à porta do cão que, antes da sentença ser aplicada, conseguiu fugir do local e salvar a sua vida. As associações de defesa dos animais já decidiram que vão apresentar uma queixa contra o presidente do tribunal.  

 

publicado por Lígia Laginha às 06:59

Segunda-feira, 30 de Maio de 2011

 

Bom dia caros visitantes do "Olhos Esbugalhados".

 

O insólito de hoje é um exemplo de determinação e coragem dado, imagine-se, por um animal. Sim porque há animais mais humanos que as pessoas e pessoas mais animalescas que os animais.  

Um caso verdadeiramente arrepiante de crueldade que, felizmente, terminou bem para a vitima devido à sua grande capacidade de sobreviver. O nome "Star" sem sombra de dúvida é o mais indicado para este herói em forma de cão.

De seguida o artigo e o vídeo retirados do “Correio da Manhã”:

 

"O animal, que já recebeu o nome de ‘Star’, foi encontrado pelas autoridades do bem-estar de animais perto da cidade Birzebbuga que investigavam um outro caso não relacionado.

 Após ouvirem choros, as autoridades foram confrontadas com um triste rosto de um cão enterrado na lama. O pior aconteceu depois quando foi retirado: estava amarrado e com marcas de balas na cabeça.

 Durante uma cirurgia de emergência no hospital da Ta Qali, em Malta, foram retiradas 40 balas do seu crânio e sobreviveu.

 Este caso causou fúria no país porque as ofensas contra os animais, apesar da sua natureza, implicam apenas a uma sentença de um ano de prisão ou a uma multa até 46.400 euros.

 ‘Star’ tem recebido uma grande ajuda de vários países e já tem uma página no Facebook com  7 mil seguidores.  Quatro pessoas já manifestaram interesse em adoptá-lo." 

 

publicado por Lígia Laginha às 07:23

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16
17

21
24

26
27
28
29
30


Últ. comentários
lol!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!mas tb :S:S:S:S:S...
Nao me importava se ele entrasse no meu quarto ass...
Recuperar ursos bêbados deve ser bem mais fácil do...
Que chinezisse
Ao preço que está a gasolina por cá este remédio f...
Também pensei exactamente o mesmo Beijocas
Para além de persistente, nota-se que é sul-corean...
arquivos