Factos estranhos do estranho Mundo em que vivemos

Quinta-feira, 15 de Setembro de 2011

 

"Uma britânica de 25 anos bebeu quase meio litro de uísque durante um voo da Virgin Airways e depois agarrou num assistente de bordo pelo pénis, exigindo sexo.

Katherine Goldberg viajava da África do Sul para Londres quando protagonizou a inusitada cena de assédio. Ontem, em tribunal, chorou copiosamente quando foi acusada dos crimes de agressão sexual e embriaguez a bordo de um avião." in "Correio da Manhã"

 

publicado por Lígia Laginha às 11:13

Sábado, 16 de Julho de 2011

 

"Um estudante universitário de 26 anos, que procurou um médico em São Paulo por sentir fortes sintomas de gripe, passou por uma situação que jamais imaginou poder acontecer-lhe. Alegando que, para confirmar a suspeita de gripe precisava analisar a virilha do rapaz, o médico enfiou-lhe a mão nas calças e começou a acariciar-lhe o pénis.

“Ele disse: vou ter que examinar a sua virilha. Enfiou a mão por dentro das calças e ficou a tocar-me no órgão genital, por dentro das minhas cuecas.”, contou o universitário ao inspector José António Caires, na esquadra onde prestou queixa. O rapaz também fez uma reclamação por escrito à direcção do Centro Clínico Intermédica, em Itaquera, onde, segundo ele, o episódio ocorreu.

De acordo com o jovem, ao descrever os sintomas e adiantar que pareciam de gripe, o médico mandou-o deitar na maca e começou a apalpar-lhe a barriga e as coxas, culminando com a introducção da mão sob a roupa e as carícias no pénis. Enquanto isso, o clínico ia dizendo ao assustado rapaz, sempre segundo a queixa deste, que o achava “um negro muito lindo, muito gato mesmo, muito gostoso”.

“Eu fiquei espantado, porque nunca me tinha acontecido algo semelhante, e comecei a tremer, sem saber como reagir", relatou o universitário, segundo o qual o médico lhe fez diversas perguntas pessoais, como se tinha filhos ou namorava. “Quando lhe disse que estava noivo e ia casar, ele respondeu que a minha noiva era uma mulher de sorte, pois eu sou um negro muito bonito.”

A clínica não quis dar detalhes sobre o caso, informando apenas que o médico em causa, que nega todas as acusações, trabalha ali há 15 anos e nunca houve queixas contra ele. Apesar disso, o clínico foi afastado até que tudo seja completamente esclarecido. O inspector vai ouvi-lo e provavelmente confrontá-lo com o universitário antes de decidir se vai incriminá-lo, e de que crime." in "Correio da Manhã"

 

publicado por Lígia Laginha às 09:50

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
16
17

21
24

26
27
28
29
30


Últ. comentários
lol!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!mas tb :S:S:S:S:S...
Nao me importava se ele entrasse no meu quarto ass...
Recuperar ursos bêbados deve ser bem mais fácil do...
Que chinezisse
Ao preço que está a gasolina por cá este remédio f...
Também pensei exactamente o mesmo Beijocas
Para além de persistente, nota-se que é sul-corean...
arquivos