Factos estranhos do estranho Mundo em que vivemos

Quarta-feira, 13 de Julho de 2011

 

"Uma sul-coreana passou hoje o 188 dia consecutivo numa grua para protestar contra a supressão de postos de trabalho num estaleiro naval da Coreia do Sul.

 

Kim Jin-suk, de 52 anos, antiga funcionária do estaleiro naval Hanjin Heavy Industries and Construction, não sai de uma grua gigante com 35 metros de altura desde Janeiro, na cidade de Busan (no sul do país), de acordo com a agência noticiosa francesa AFP.

 

A electricidade que alimenta a grua foi cortada mas Kim continua a enviar mensagens para a rede social Twitter através de um telemóvel alimentado por energia solar.

 

O conflito começou em Dezembro quando 900 trabalhadores sindicalizados entraram em greve para protestar contra um plano de supressão de 400 postos de trabalho. A empresa respondeu com o encerramento do estaleiro.

 

Direcção e trabalhadores assinaram depois um acordo que previa a saída de 310 funcionários com o pagamento de compensações, mas 90 rejeitaram a proposta, indicou Ryu Jang-hyun, responsável sindical.

 

No sábado, milhares de manifestantes desfilaram em Busan para demonstrar o apoio aos trabalhadores despedidos. A polícia usou canhões de água para dispersar os manifestantes e deteve 50 pessoas." in "Correio da Manhã"

 

sinto-me:
publicado por Lígia Laginha às 07:36

De energia-a-mais a 13 de Julho de 2011 às 11:02
Para além de persistente, nota-se que é sul-coreana - usa a tecnologia solar para continuar o protesto!

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
15

18

24
30



Últ. comentários
lol!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!mas tb :S:S:S:S:S...
Nao me importava se ele entrasse no meu quarto ass...
Recuperar ursos bêbados deve ser bem mais fácil do...
Que chinezisse
Ao preço que está a gasolina por cá este remédio f...
Também pensei exactamente o mesmo Beijocas
Para além de persistente, nota-se que é sul-corean...
arquivos